VOCÊ EMPREENDENDO
24 de julho de 2018
5 DICAS PARA SUA EMPRESA SAIR DO BURACO
19 de setembro de 2018

POR QUE MINHA EMPRESA NÃO EVOLUI?

 
Você já se fez essa pergunta alguma vez? Você já teve a sensação de até obter um crescimento bacana por um período, mas parece que os resultados estão diminuindo ou estagnando. Você fica se perguntando ou afirmando que a queda que está obtendo é impacto da crise econômica e política?

Bem, vamos lá. Não seremos infantis em achar que o momento econômico não interfira nos resultados, mas também não podemos ser hipócritas em achar que esse é o único e principal motivo para seus resultados estagnados. Se você tiver dúvida sobre isso, pense então porque tantas empresas crescem, nascem e se desenvolvem durante crises econômicas e políticas. Particularmente sou prova disso, participei da abertura de uma empresa que está à todo vapor crescente à 2 anos atrás na qual foi aberta em pleno ápice de crise e depois disso ainda resolvi mudar de área abrindo minha nova empresa de desenvolvimento Humano na qual em 1 ano apenas, atuei diretamente com centenas de profissionais

Eu escuto algumas percepções de empreendedores sobre esse assunto indagando que boa parte dessas empresas que crescem ou se desenvolvem nesse período são frutos de empresários que nasceram em berço de ouro ou que herdaram esses patrimônios, e para esse pensamento, PASMEM.... 82% das maiores empresas do mundo vieram do nada, da garra de seus fundadores, do compromisso dessas equipes, no modelo de ação e da vontade de fazer acontecer, e apenas 18% vieram de herança de uma geração a outra...UALLLL, não é maravilhoso ter essa informação? Não é maravilhoso tirarmos essa ideia da cabeça e começarmos a ampliar nossa visão com o foco em aprender como essas empresas conseguem esses resultados e não mantermos o foco de como as coisas estão difíceis?

Isso tem muito a ver com a Falência Motivacional do empreendedor. Quantas vezes você tem uma ideia brilhante, mas não monta um plano de ação consistente para ele e o coloca em prática? Quantas vezes você tem aberto sua mente para aprender assuntos importantes para sua empresa (digo com olhar empreendedor e não apenas com o olhar do produto/serviço)? Quantas vezes você vai continuar acreditando que o que deu certo para você a 3,5,20 anos atrás já pode não ter o mesmo resultado no hoje? O quanto você está verdadeiramente apaixonado pelo que faz, com a mesma vontade que tinha quando abriu sua empresa? Quanto aprender sobre seu mercado te traz satisfação? O quanto você tem claro que hoje você ajuda outras pessoas a se desenvolverem e atingirem seus resultados?

Se tiver alguma pergunta acima que te fez pensar muito para responder ou até te deu um frio na barriga porque não sente mais, esse é um bom termômetro para você começar a entender porque seu negócio não está evoluindo.

Empresas são como plantas, precisam ser cuidadas diariamente, sempre colocando amor (paixão no que faz), regando com boas soluções e inovações (aprimorando seus conhecimentos em diversos setores da empresa, treinando sua equipe, verificando tendências...), posicionando-as no melhor local (sabendo seu nicho, conceito da empresa, posicionamento de marca...) e às vezes mudando completamente o tipo de “adubo” a ser colocado para melhores frutos (flexibilidade em adaptações, montando e acompanhando estratégias...).

Se deixar de fazer qualquer etapa desse processo não haverá frutos.
Antes de olhar para o externo com o olhar crítico (equipe, mercado, tendências negativas), olhe primeiramente para seu interior. Como tenho me sentido e agido no meu papel de empreendedor ? Essa reflexão pode ser a mola propulsora para ajustar alguns pontos e assim obter o resultado esperado.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *