TENHO SIDO CONGRUENTE? É ISSO QUE ME LIMITA?
29 de junho de 2018
PORQUE MINHA EMPRESA ESTAGNOU
13 de agosto de 2018

business and office, advertising, people concept - friendly young buisnessman holding something in his hand


VOCÊ EMPREENDENDO

 
De boas ideias, o mundo do empreendedorismo está cheio, não é? O grande desafio é tirá-las do papel. E temos dois grandes vilões desta equação que costumam ser sempre os mesmos: a falta de dinheiro e a falta de coragem. E hoje estou aqui para lhe ajudar a se organizar e encarar os desafios de frente com total maturidade e foco na construção desse lindo projeto. Então vem com a gente que começarei com algumas dicas importantes para seu início, mas não se preocupe teremos vários materiais, conteúdos e treinamentos em breve para você se reestruturar para a montagem ou aperfeiçoamento de suas ideias de negócios.

1. Prepare-se para empreender
Antes de embarcar em um projeto de alto risco, esteja certo de que você tem recursos suficientes para manter ao menos suas despesas pessoais até que o negócio vingue. Se você não tem um a boa poupança, comece a desenvolver sua ideia em paralelo ao emprego atual. Além disso, certifique-se de que o seu negócio realmente tem potencial para dar certo. Pesquise muito bem o segmento, converse com outros empresários do ramo e identifique o seu potencial diferencial. Você tem que compensar a falta de recursos de outras maneiras. Tem que ser um negócio que você conhece muito bem ou algo muito inovador, mas falando em inovador, você terá que mandar muito bem no conhecimento desse produto ou serviço inovador.

2. Faça parcerias estratégicas
Se sua ideia é realmente boa, você pode convencer fornecedores e clientes a apostarem nela junto com você. Mais uma vez, seu discurso de venda terá que ser matador. Convença seus fornecedores e colaboradores a correrem riscos junto com você – se eles enxergarem potencial de sucesso na sua ideia, podem concordar em receber o pagamento mais para frente ou até trocar seus serviços por uma participação no negócio. A lógica é a mesma para o cliente. “Além de preços diferenciados, a possibilidade de ter exclusividade em um determinado serviço ou produto pode ser um atrativo.

3. Exercite o networking
Ter uma boa rede de contatos e usá-la da maneira certa é fundamental. Suas conexões podem ajudá-lo a encontrar potenciais parceiros, oportunidades de negócio e promover seu produto usando o bom e velho boca-a-boca – recurso fundamental para quem quer construir uma boa reputação em qualquer negócio, outras pessoas falando bem de sua ideia, de seu produto ou de seu serviço vale mais do que qualquer investimento em mídia. Não que esses não sejam necessários, mas a credibilidade fica mais visível do que você ou sua agencia falando bem do seu projeto. Pense nisso: Você se convence mais quando vê uma propaganda ou quando alguém te indica? E se você misturar os dois, a sensação de segurança não fica ainda mais perceptível?

4. Tire proveito das circunstâncias
Aproveitar as oportunidades que aparecem à sua frente também é crucial. Seja flexível, adapte seu negócio às circunstâncias. Imagine que você gosta de cozinhar e quer abrir um restaurante, mas não tem dinheiro. Então você fica sabendo que o amigo de um amigo tem um café e está procurando um fornecedor de comidas prontas. Você vai lá, oferece tortinhas no estilo francês prontas e o negócio dá certo. De repente você descobre que talvez valha mais a pena abrir uma pequena indústria de comida francesa para bistrôs da região algo mais segmentado e que pelo teste pode ter menos riscos que abrir um restaurante na qual o investimento poderia ser bem maior. O que quero dizer é que é preciso estar em estado permanente de alerta, porque as oportunidades vão atravessar o seu caminho e você tem que estar atento para tirar proveito delas e que muitas vezes testar seu negócio antes de abri-lo pode ser uma excelente sacada.

5. Tenha um plano de ação
Ser adaptável não significa abrir mão de um planejamento não. Quanto mais escassos os recursos de uma empresa, melhor eles devem ser administrados, afinal de contas, qualquer deslize pode ser fatal. Defina metas e procure aprender aquilo que você não sabe sobre o negócio. Um empreendedor tem que navegar em todos os setores, conhecer é primordial. Elabore um bom plano de negócios e faça as adaptações necessárias no dia-a-dia. Ser capaz de colocar a ideia no papel é um passo importante para que você se sinta seguro de que realmente tem um negócio sólido nas mãos.

E aí gostou das dicas? Se sim, dá um curtir e compartilhe. Mas não pare por ai não. Eu vou lhe ajudar a colocar seu sonho em prática. Fique ligado que em breve teremos novidades para você colocar em pratica suas ideias e começar a faturar com elas.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *